Sala Verde Semente de Cantagalo

Projeto em Rio das Ostras realiza ações que vão desde educação ambiental a cuidados básicos com a saúde.

O ano de 2019 tem sido bastante produtivo para a Sala Verde Semente de Cantagalo, localizada em Rio das Ostras (RJ). A Sala Verde possui uma variedade de atividades já desenvolvidas, que vão desde educação ambiental a atividades de cuidados com a saúde.

Para concretizar as ações, a Sala Verde conta com parcerias como a EMATER-RIO, Reserva Biológica União (ICM-BIO), Secretaria Municipal de Bem-Estar Social (SEMBES), Secretaria Municipal do Meio Ambiente, Agricultura e Pesca (SEMAP), Secretaria Municipal de Saúde (SEMUSA) e a Secretaria Municipal de Educação, Esporte e Lazer (SEMEDE), que é a Secretaria responsável pela Projeto.

De abril a junho de 2019, a Sala Verde realizou, uma vez por semana, atividades e oficinas voltadas para idosos da região. Com a oferta, os idosos passaram por triagem, com aferição de pressão e medição de glicose, realizadas pelas enfermeiras da Equipe de Estratégia da Saúde da Família (ESF) de Cantagalo (bairro do município). Além disso, aconteceram atividades de alongamento, com o oficineiro Carlos Jorge Ferreira de Souza, lotado na SEMBES.

Simultaneamente, no mesmo período, a Sala Verde também realizou outras ações, como as palestras sobre os temas Hipertensão Arterial e Tuberculose, realizadas nos dias 03, 17 e 24 de abril de 2019 e ministrada pela enfermeira Sueli José Alves, do ESF, que destacou os cuidados e a prevenção para esses dois tipos de doença.

Ainda no mês de abril, foram realizadas oficinas de Origami e Desenho, com a professora Solange Ferreira Costa Mello, coordenadora local da Sala Verde. Através da atividade de desenhos, as crianças e adolescentes participantes, puderam expressar sentimentos, por meio da arte. Além disso, os participantes aprenderam técnicas básicas de desenho, que poderão subsidiar futuras atividades escolares.

No mês de maio, foi realizada a Oficina de Bolsa Reciclável, ministrada pela professora Cristina da Silva F. Pires, para 34 mulheres do bairro Cantagalo. O objetivo da oficina foi motivar a reciclagem, visando a preservação do meio ambiente.

Além do mais, o Dr. Sérgio Nikitiuk, médico da família do ESF de Cantagalo, palestrou sobre a importância das plantas medicinais, como elas atuam no tratamento de algumas doenças e a facilidade com que elas podem ser encontradas. O médico também abordou os benefícios de se ter uma alimentação saudável.

O Projeto “Multiplicadores da Sustentabilidade” foi apresentado, na sequência das ações realizadas em maio, pela professora Cristina da Silva F. Pires, da SEMEDE. O Projeto objetiva, segundo a Sala Verde,

formar cidadãos críticos, capazes de decidir sobre a adoção de comportamentos saudáveis, dentro de uma concepção mais ampla de saúde e que contribuam para a saúde coletiva e a do meio ambiente, na busca de melhor qualidade de vida.

Entre as tantas ações realizadas no mês de junho, pode-se citar: oficinas de arte, apresentação de coro e de grupos (sopros e percussão) realizadas pelos alunos da E. M. Trindade e E. M. Profª. Marinete Coelho de Souza e visitas ao parque municipal.

Texto: Emilly Morais (Estagiária), com supervisão da Equipe Salas Verdes.


FIQUE POR DENTRO DO QUE ESTÁ ACONTECENDO NO PROJETO SALAS VERDES

Accessibility